Rede Não Bata, Eduque

A Rede Não Bata, Eduque tem por missão desnaturalizar a prática dos castigos físicos e humilhantes como forma de educar e cuidar de crianças e adolescentes no meio familiar, escolar, comunitário, nos meios de comunicação tradicionais e nas mídias sociais. Buscando ser referência nacional no enfrentamento aos castigos físicos e humilhantes contra crianças e adolescentes, com adoção de práticas não violentas de educação e cuidado, comprometida com a promoção da participação de crianças, adolescentes e jovens no processo de mudança cultural.

Em junho de 2021 os Escoteiros do Brasil se tornam parceiros da Rede Não Bata, Eduque para a elaboração e execução de ações de mobilização, sensibilização, formação relacionadas à proteção, defesa e garantia de direitos humanos de crianças, adolescentes e voluntários, de valorização da educação positiva, na prevenção das violências físicas e psicológicas

Uma data super importante marca o início da parceria e as agendas da pauta Educação sem violência, o dia 26 de Junho – Dia Nacional pela Educação sem Violência, que marca o 7° aniversário da Lei Menino Bernardo (13.010/2014). A presente edição aborda o tema “Afeto, respeito, limites. Por uma casa segura, livre de violências” e ocorre em um contexto de aumento da violência doméstica contra crianças e adolescentes na pandemia de Covid-19.

Os dados recentes são preocupantes. O Disque 100 registrou em 2020 o maior número de denúncias de violência contra essa parcela da população desde 2013, de acordo com o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. Foram 95,2 mil casos registrados, sendo 67% deles praticados em casa e 59% pelos pais da vítima.

Veja mais informações sobre a campanha e como colaborar com a difusão do tema clicando aqui.

Procure um Grupo Escoteiro

Skip to content