Novo Projeto Educativo reafirma o compromisso dos Escoteiros do Brasil com a construção de um mundo melhor

13 setembro 2021

Atualização do Projeto Educativo dos Escoteiros do Brasil traz de forma equilibrada pautas importantes para o crescimento da instituição

Como parte da atualização do Programa Educativo dos Escoteiros do Brasil, em agosto de 2019 foi constituído um Grupo de Trabalho para revisão do nosso Projeto Educativo, documento fundamental da nossa instituição que reúne as oportunidades de aprendizagem que o Escotismo oferece e direciona o cumprimento da nossa missão de levar uma proposta educativa a crianças, adolescentes e jovens para a vida, baseada em um sistema de valores expressos na Lei e Promessa Escoteira.

Após diversos estudos, inspirados nas mais recentes diretrizes da Organização Mundial do Movimento Escoteiro (OMME/WOSM) e consultas realizadas junto aos associados e às Regiões Escoteiras, o Grupo de Trabalho da Atualização do Projeto Educativo entregou, em janeiro deste ano, a proposta de atualização do Projeto Educativo para apreciação do Conselho de Administração Nacional (CAN).  

Com parecer favorável da Comissão Permanente de Políticas Institucionais, o CAN aprovou, em março de 2021, o novo Projeto Educativo, restando para a Assembleia Nacional, por competência estatutária, a apreciação dos textos relativos aos fundamentos do Escotismo Brasileiro (Definição, Propósito, Princípios e Método Educativo) contidos no Projeto Educativo atualizado.

Durante a 27ª Reunião Ordinária da Assembleia Nacional, ocorrida em 30 de maio deste ano, foram debatidas as propostas de atualização dos referidos textos. Na ocasião, convencionou-se, por ampla maioria, a aprovação dos textos relativos à Definição, Propósito e Método Escoteiro. O novo texto sobre os Princípios do Movimento Escoteiro, por sua vez, foi encaminhado para uma nova discussão. 

Atendendo a determinação da Assembleia Nacional Ordinária, no último dia 14 de julho o Conselho de Administração Nacional convocou Reunião Extraordinária da Assembleia Nacional para deliberação sobre a proposta de texto para os princípios do Movimento Escoteiro, precedida por debates e seminários relacionados ao tema e realizados em várias Regiões Escoteiras. 

Na data de ontem, 12 de setembro, após intensa discussão sobre as propostas apresentadas pelo CAN e por delegações regionais presentes, foi aprovado o novo texto dos Princípios do Escotismo Brasileiro, findando o processo de atualização do novo Projeto Educativo dos Escoteiros do Brasil iniciado em 2019. 

Com isso, após dois anos de um amplo processo participativo e democrático, que envolveu os diversos níveis da nossa instituição, publicamos a nova declaração das nossas definições e convicções fundamentais, que reafirma o nosso compromisso de educação permanente e integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio da proposta educativa do Movimento Escoteiro e reitera a pessoa que queremos oferecer à sociedade para a construção de um mundo melhor.

Nossa definição:

O Escotismo é um movimento educacional de jovens e para jovens, sem vínculo a partidos políticos, voluntário, que conta com a colaboração de adultos e valoriza a participação de pessoas de todas as origens sociais, etnias e credos, de acordo com seu Propósito, seus Princípios e o Método Escoteiro, concebidos pelo Fundador Baden- Powell e adotados pela União dos Escoteiros do Brasil.

Nosso propósito:

Nosso propósito é contribuir para que crianças, adolescentes e jovens assumam seu próprio desenvolvimento, para que alcancem seu pleno potencial físico, intelectual, afetivo, social, espiritual e do caráter, como indivíduos, cidadãs e cidadãos responsáveis e membros ativos de suas comunidades local, nacional e internacional.

Nossos princípios:

Os princípios do Escotismo constituem um marco de referência ética que representa o ideal escoteiro, que orienta a conduta de seus membros e define um estilo de vida baseado nos valores expressos na Promessa e na Lei Escoteira. Reconhecidos universalmente, os valores escoteiros inspiram ações construtivas e estão implícitos nos seguintes princípios:

  • Compromisso com o aprimoramento da sua espiritualidade, seja ela inspirada em Deus ou em outras convicções;
  • Compromisso de cooperação com os outros e de respeito com a natureza, para a construção de um mundo melhor;
  • Compromisso consigo mesmo.
Nosso método educativo:

O Método Educativo Escoteiro é a ferramenta que utilizamos para criar as condições educativas necessárias para que os jovens sejam os protagonistas do seu próprio desenvolvimento. É um sistema de auto educação progressiva, de empoderamento e de aprendizagem cooperativa, baseado nas interações de elementos que atuam de maneira articulada como um sistema coeso: 
1. Promessa e Lei Escoteira;
2. Aprender fazendo; 
3. Progressão pessoal; 
4. Sistema de Equipes; 
5. Suporte do adulto; 
6. Marco Simbólico; 
7. Natureza;
8. Envolvimento Comunitário.

Mais do que um conjunto de ideias sobre a juventude e a educação, o Movimento Escoteiro é uma resposta concreta para o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens. Cooperamos com o trabalho de outros agentes educativos, como a família e a escola, a partir do exercício de ideais como autoconhecimento, desenvolvimento sustentável, protagonismo juvenil, diálogo intergeracional, ação comunitária, e entre outros, pois acreditamos no poder transformador das experiências educacionais não-formais como objeto da construção de um mundo melhor.

Clique aqui e confira na íntegra o novo Projeto Educativo dos Escoteiros do Brasil!

Skip to content