Escotismo no Ceará recebe reconhecimento da Assembleia Legislativa do Estado

10 maio 2018

A sessão plenária da Assembleia Legislativa do Ceará no dia 09 de maio reconheceu o Movimento Escoteiro do estado cearense como Patrimônio de Natureza Imaterial do Estado. A proposta é do deputado Ferreira Aragão (PDT), que enaltece a prática escoteira na região.

Além do tombamento, o Escotismo também foi reconhecido como método complementar de educação consagrado no Ceará, outra proposta de Aragão. A proposta reconheceu a prática escoteira como realizada por entidades legalmente constituídas segundo as leis.

Skip to content