Escoteiros do Brasil participam das Olimpíadas de Tóquio e de Campeonato Mundial de Vela

29 julho 2021

Jovens escoteiros tornaram-se atletas e agora competem em Olimpíadas e outros campeonatos esportivos mundo afora

Escoteiros nas Olimpíadas de Tóquio? É isso mesmo que você leu. Escoteiros do Brasil e de outros países mundo afora estão participando da 32ª edição dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão. O torneio esportivo que deveria ter ocorrido no ano passado, foi adiado para 2021 por conta das medidas de contenção da Covid-19, mas já começou com medalhas para brasileiros e escoteiros. Afinal, uma vez escoteiro, sempre escoteiro, não é mesmo?

Essa é a história de Mayra Aguiar, judoca nascida em Porto Alegre, bicampeã mundial e agora a 1ª atleta brasileira a conquistar três medalhas olímpicas em uma modalidade individual. Mayra foi escoteira no Grupo Escoteiro Charruas, 003/RS e fez história ao ser a primeira mulher brasileira a ganhar uma medalha no Judô. Com a medalha de bronze nas Olimpíadas de Tóquio, Mayra tornou-se também a única atleta brasileira de esporte individual a subir três vezes no pódio do torneio esportivo mais importante do mundo, sendo medalhista em Londres (2012), Rio de Janeiro (2016) e Tóquio (2020).

Outro escoteiro presente nos Jogos Olímpicos de Tóquio é o representante do boxe brasileiro Keno Marley. O atleta de apenas 21 anos está, pela primeira vez, nas quartas de final de uma olímpiada e sua paixão pelo esporte, e pela música, começou dentro do Projeto Quilombo, na Bahia, mesmo local onde ele conheceu e ingressou no Movimento Escoteiro, mais precisamente no Grupo Escoteiro Grato Oásis 047/BA em 2013, antes de focar completamente na vida esportiva.

Assim como os Escoteiros do Brasil, outros irmãos escoteiros estão competindo nas Olimpíadas e nos enchendo de orgulho por sua determinação e foco. É o caso de Elena Bertocchi, mergulhadora italiana; Gianmarco Tamberi, atleta olímpico de salto em altura também da Itália; Alexa Moreno, ginasta mexicana competindo na sua 2ª Olimpíada; e o nadador britânico Kieran Bird, cujo talento e potencial foi descoberto durante uma atividade escoteira em Oxfordshire, Inglaterra.

Como um Movimento que busca educar para a vida, com o ensino de habilidades e competências que ajudam crianças, adolescentes e jovens a se tornarem protagonistas de suas próprias histórias, o Escotismo, mais uma vez, se mostra como uma ferramenta importante de desenvolvimento e descoberta. No Escotismo, cada indivíduo é encorajado a desvendar suas paixões e talentos através do Método Escoteiro e da participação ativa em tomadas de decisão e papéis de liderança.

Além das Olimpíadas

De volta ao Brasil, mas ainda em uma competição a nível mundial, as escoteiras Laís Farias e Vitória Pugsley , do Grupo Escoteiro do Mar Legatis Regis 393/SP e Grupo Escoteiro do Mar Antonina 161/PR, respectivamente, irão participar do Campeonato Mundial Feminino de vela, organizado este ano pelo Yatch Club Paulista em São Paulo.

O 2021 Snipe Womens World Championship Regatta será realizado em outubro, entretanto nossas meninas já estão se preparando para a competição e treinando para o que promete ser uma bela performance esportiva. Laís e Vitória são jovens que buscam criar um mundo melhor através de suas boas ações e do esporte e se empenham para isso, seja em suas atividades escoteiras (de impacto social, ecológico e educacional) ou nas práticas de suas habilidades no dia a dia.

Para acompanhar e contribuir com a trajetória das escoteiras rumo ao campeonato mundial, clique aqui e acesse o perfil no Instagram criado pelas atletas e compartilhe com os irmãos escoteiros! Quem sabe daqui alguns anos vejamos mais escoteiros ganhando medalhas olímpicas pelo mundo.

Vitória e Laís em treinamento no Rio de Janeiro. — Foto: Instagram/Divulgação

Muitos outros escoteiros devem estar presentes nas Olímpiadas e em campeonatos esportivos de grande visibilidade, então se você conhece mais algum, entre em contato com o Escritório Nacional através do e-mail, Instagram ou outras redes sociais.

Parabenizamos os escoteiros que estão fazendo história em Tóquio e também incentivamos aqueles que ainda estão iniciando sua jornada esportiva, como Laís e Vitória. Desejamos muito sucesso e temos a certeza de que, assim como ensinou nosso fundador, vocês são um exemplo e uma inspiração para jovens do mundo todo.

Skip to content