Com ajuda dos Escoteiros do Brasil, campanha SOS Chuvas Bahia soma R$ 940 mil para amparar vítimas de enchentes

18 janeiro 2022

Número foi divulgado pela Cruz Vermelha Brasileira, instituição que está a frente das ações de ajuda humanitária

Após um mês, a campanha de arrecadação SOS Chuvas Bahia, realizada pela Cruz Vermelha Brasileira (CVB), chegou ao fim nesta segunda-feira (17). A ação de assistência a vítimas das enchentes na região captou mais de R$ 940 mil e contou com inúmeras empresas parceiras para coletar e doar donativos. Apesar do encerramento, a equipe humanitária, que foi a primeira a chegar no local, está prevista para permanecer no estado até março deste ano, prestando auxílio à população. 

Os valores arrecadados estão sendo usados para apoiar as atividades e ajudar as demandas recebidas pelas equipes na gestão do desastre, como Governo Federal, Estadual e Municipal, além da Defesa Civil e das equipes que atuam localmente. Durante os próximos dias, um portal de transparência será disponibilizado no site da organização, detalhando as entradas e saídas financeiras que aconteceram na campanha, a fim de fortalecer os processos de transparência da atividade prestada na Bahia.

Os Escoteiros do Brasil contribuíram ativamente durante a campanha. Em uma ação conjunta com a CVB e outras instituições, jovens e adultos escoteiros se voluntariaram a ficar de prontidão em um ponto de doação física em Goiânia para receber alimentos não perecíveis e itens de higiene pessoal. Além disso, a instituição prestou auxílio à Cruz Vermelha no recebimento de doações financeiras posteriormente repassadas às famílias vítimas das enchentes na Bahia. O Instituto Alok e o Instituto Flamboyant também são parceiros desta campanha. 

Segundo o presidente nacional da CVB, Júlio Cals, “é com imensa alegria que encerramos essa arrecadação financeira, que já tem ajudado milhares de famílias na localidade e que vai continuar amparando as vítimas durante os próximos meses. Agradecemos a todos e todas que contribuíram seja com um real, dez reais, cem reais ou mais… afinal, o importante é ajudar, porque qualquer quantia é de extrema importância para quem precisa!”, destaca.

A Cruz Vermelha Brasileira tem ainda o apoio do Fundo de Emergência para Desastres (DREF, sigla em inglês), disponibilizado pela Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC, em inglês), o qual visa a distribuição de donativos a mais de 600 famílias afetadas na região, isto é, 3.250 pessoas, com o fornecimento de colchões e roupas de cama, bem como com a distribuição de dinheiro para combater a insegurança alimentar.

Cruz Vermelha Brasileira e Escoteiros do Brasil 

Parceiros desde 2018, a Cruz Vermelha Brasileira e os Escoteiros do Brasil já realizaram inúmeras ações conjuntas para fornecer ajuda durante situações de emergência humanitária. Nos últimos anos, devido à pandemia da Covid-19, a parceria entre as instituições se estreitou ainda mais e pudemos realizar juntos projetos como Escoteiros contra a Covid, mobilização de voluntários para apoio na linha de frente do combate à doença e doações de máscaras no território paranaense. 

A Cruz Vermelha Brasileira foi fundada em 5 de dezembro de 1908, constituída com bases nas Convenções de Genebra, das quais o Brasil é signatário. Tem como missão atenuar o sofrimento humano sem distinção de raça, religião, condição social, gênero e opinião política. Os Escoteiros do Brasil sentem-se imensamente orgulhosos de uma parceria de tamanha credibilidade e serventia à sociedade brasileira. 

Skip to content