Processo seletivo para escolher o representante dos Escoteiros do Brasil no CONANDA

15 junho 2021

O CONANDA foi criado em 1991, e desde então funciona por por meio da gestão compartilhada, governo e sociedade civil definem, no âmbito do Conselho, as diretrizes para a Política Nacional de Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes. Além de contribuir para a definição das políticas para a infância e a adolescência, o Conanda também fiscaliza as ações executadas pelo poder público no que diz respeito ao atendimento da população infanto-juvenil. 

No mês de junho de 2021 os Escoteiros do Brasil passam a compor a gestão do CONANDA para o biênio 2021-2022 como suplentes, conforme Diário Oficial da União publicado em 09/06/2021. 

Eleitos como um dos representantes no Eixo III, referente às organizações que atuam em pelo menos um dos eixos de promoção, proteção, defesa e controle social dos direitos da criança e do adolescente nas temáticas de saúde, educação, assistência social, esporte, lazer, trabalho, justiça e segurança pública, bem como das especificidades das crianças e adolescentes em acolhimento e/ou egressos de medidas socioeducativas, dentre outros. 

Concomitante a participação no CONANDA também destacamos a presença no Fórum Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (FNDCA) que é o resultado da mobilização de várias entidades da Sociedade Civil na luta pela construção de uma sociedade que promova, proteja e garanta os direitos das crianças e dos adolescentes brasileiros como previsto no Artigo 227 da Constituição Federal e no Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, com prioridade absoluta e acima de distinções religiosas, raciais, ideológicas ou partidárias, aberta à cooperação com entidades governamentais e não governamentais, nacionais e internacionais, para a consecução de seus objetivos.

Entre os dias 15 e 22/06 está aberto processo seletivo para eleger o/a representante dos Escoteiros do Brasil no CONANDA e FNDCA, conheça o edital

Skip to content