Dois jovens brasileiros integram delegação escoteira internacional no Global Youth Summit

23 abril 2021

Entre os dias 23 e 25 de abril, os jovens Fernanda Elimelek (20) e Baden Peres Homem (17) representarão a Organização Mundial do Movimento Escoteiro (OMME) no Global Youth Summit. Realizado de forma on-line, o evento contará com jovens líderes de todo o mundo que se reunirão para discutir os desafios que a juventude enfrentará no cenário pós COVID-19. 

O evento faz parte do Global Youth Mobilization, uma iniciativa facilitada pela OMME em conjunto com a Organização Mundial da Saúde, Fundação das Nações Unidas e  com as demais organizações que integram o “Big 6”: Associação Cristã de Jovens (YMCA), Associação Cristã de Mulheres Jovens (YWCA), Associação Mundial de Guias e Bandeirantes (WAGGGS) e a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC), além do programa de liderança para o desenvolvimento da juventude, o Prêmio Internacional do Duque de Edimburgo (The Award). Juntas, as Big 6 envolvem e envolvem ativamente mais de 250 milhões de jovens, contribuindo para o empoderamento de mais de um bilhão de jovens durante o último século. 

Deste modo, o Global Youth Summit reunirá, por três dias, jovens, líderes, formuladores de políticas e agentes de mudança que se reunirão em um espaço para discutir os desafios que os jovens enfrentam em todo o mundo. 

Os jovens brasileiros que integram a delegação da OMME no evento participaram de processo seletivo nacional e também foram referendados pela Região Interamericana.  

Para Fernanda Elimelek, 20 anos, do Grupo Escoteiro Avanhandava 4/SP, participar do Global Youth Summit possibilita evidenciar os problemas que a juventude está enfrentando, mas ao mesmo tempo buscar soluções globais que possam ser aplicadas no nivel local: ” A juventude, em momentos diferentes da história humana, é um grande símbolo de resistência. A atuação de jovens e a resiliência que demonstraram em situações críticas para a sociedade podem ser, em muitos casos, vistas como exemplo para nossas ações hoje em dia. Hoje estamos tendo outros problemas, como dificuldades em manter a saúde mental, alguns estão lidando com problemas no ambiente que vivem e há uma grande sensação de impotência entre os jovens. Acredito que o GYS vem para lembrar os jovens de seu poder de resistência e ajudá-los a manter o seu espírito jovem, saudável e forte, trazendo um apoio pensado de jovens para jovens”, aponta a pioneira. 

Já o sênior Baden Peres Homem, do Grupo Escoteiro Cardeal da Silva 33/BA, afirma que a expectativa para o evento é grande, já que possibilita a conexão e troca com grandes líderes no cenário mundial, além de escoteiros e integrantes de outras organizações de juventude: “Minhas expectativas estão muito elevadas para esse evento, pois sei que irá causar um impacto extremamente importante na minha vida. A  experiência que irei adquirir desse evento irá me ajudar muito em diversos aspectos, além de que ter a chance de poder representar meu país é algo que me deixa muito feliz”, conclui o jovem de 17 anos. 

Além dos dois participantes, o brasileiro Filipe Conde dos Santos, do Grupo Escoteiro Ubirajara 07/SP, participara do evento como mestre de cerimônias, fazendo a mediação entre as atividades que integram a programação. 

Os debates do evento são fechados apenas para participantes, mas toda a programação será transmitida ao vivo pelo YouTube oficial, que pode ser acessado clicando aqui. 

Os representantes brasileiros elaboraram um formulário para coletar informações dos associados brasileiros que possam colaborar na participação escoteira no Global Youth Summit. Todos os jovens brasileiros são convidados a responder o formulário disponível aqui. 

Texto: Marcelo de Gregori

Fotos: Acervo pessoal 

Skip to content